Locatelli afirma que postos de combustíveis pertencem ao Comando Vermelho  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

POLÍTICA Terça-feira, 23 de Abril de 2019, 16h:45 | - A | + A




CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal

Locatelli afirma que postos de combustíveis pertencem ao Comando Vermelho

Facções utilizam dos postos para realização de lavagem de dinheiro


redacaomuvucapopular@gmail.com

 

O empresário Aldo Locatelli, declarou durante seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal, que facções criminosas de Cuiabá estão utilizando de postos de combustíveis para realizar lavagem de dinheiro em Mato Grosso.

A declaração surgiu durante seu depoimento na CPI que ocorreu nesta terça-feira (23) na Assembleia Legislativa. Segundo Locatelli, cerca de quatro postos pertencem as facções Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC).

“Temos informações de que cerca de três postos em Cuiabá pertencem ao Comando Vermelho, mas não posso entrar em detalhes por questão de segurança”, disse o empresário.

Além disso, Locatelli que é presidente do Sindipetróleo (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado em Mato Grosso) enfatizou em seu depoimento, que existir tantos postos em mãos erradas, faz com que Mato Grosso fique para trás em relação aos outros Estados brasileiros, quando se trata do preço dos combustíveis.

“O nosso Estado deixa de arrecadar cerca de R$ 425 milhões por ano por conta da diferença de preço para outros Estados ”, explicou.

CPI

O empresário foi a terceira pessoa a ser ouvida pela CPI. Na semana passada, os deputados ouviram a procuradora Ana Cristina Bardusco e o auditor do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Joel Bino. 

Confira os próximos passos:

Quarta-feira (24)

Às 8 horas, os deputados voltam a se reunirem no Plenário das Deliberações para mais uma sessão ordinária.

Às 14 horas, os deputados membros da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social voltam a se reunir para discutir e votar proposições que estão tramitando na comissão. A reunião será na sala de reuniões Depurada Sarita Baracat, 202.

Já às 16 horas é a vez de os deputados da Comissão de Trabalho, Administração e Serviços Públicos se reunirem na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201.

Às 17 horas acontece mais uma sessão ordinária.

Quinta-feira (25)

Prevista para começar às 8 horas, a última sessão ordinária da semana.

Às 14 horas, na sala das comissões Deputado Oscar Soares, 201, os deputados que compõem a CPI da Renúncia e Sonegação Fiscal devem ouvir o secretário-chefe de Casa Civil, Mauro Carvalho, o procurador-geral do Estado, Francisco de Assis, o secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, o secretário-adjunto, Fábio Pimenta e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda.

O deputado Valdir Barranco (PT) realiza audiência pública, às 14 horas, para discutir com a sociedade o projeto de lei anticrime que combate, principalmente, a corrupção e a violência, do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. A audiência está marcada para o auditório Licínio Monteiro.

Enquanto isso, às 16 horas, o deputado Romoaldo Júnior (MDB) realiza audiência pública para debater a situação da central de abastecimento do Estado de Mato Grosso. A audiência, com as pessoas ligadas ao assunto, foi marcada para o auditório Milton Figueiredo.

Sexta-feira (26)

A Assembleia Legislativa realiza sessão especial, às 9 horas, em Porto Alegre do Norte – no pátio da empresa Sete Agrícola na BR -158, Km 05 – distante 1.131 quilômetros de Cuiabá – para debater o 10º Fórum Político. A sessão foi solicitada pelo deputado Dr. Eugênio (PSB).

Em Sorriso, distante 398 quilômetros de Cuiabá, o deputado Xuxu Dal Molin (PSC) realiza audiência pública, às 17 horas, para debater a situação da saúde pública nos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal Público do Vale do Teles Pires. A audiência será no Centro de Eventos Ari José Riedi, no auditório Farroupilha.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Viola - 25-04-2019 05:32:17

A PETROBRÁS E A MAFIA DO BIOCOMBUSTÍVEIS , NA VERDADE A PETROBRÁS SO PRODUS 25% DOS COMBUSTÍVEIS CONSUMIDOS NO BRASIL , 75%SÃO COMBUSTÍVEIS DE ORIGEM VEGETAL , AI QUE ESTA A GRANDE MAFIA , A PETROBRÁS COMPRA DERIVADO DE COMBUSTÍVEL DAS INDÚSTRIA DE PRODUÇÃO VEGETAL , É REPASSA AOS CONSUMIDORES BRASILEIROS COM OS PREÇOS DE COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS QUE É O PETRÓLEO , O LUCRO DA ESTATAL É ENORME , O PIOR DE TUDO É OS ACIONISTAS NÃO ACEITAM A REDUÇÃO DOS PREÇOS , SERRIA BOM SE FOCEM QUEBRADO O SIGILOS DA PETROBRÁS PARA SABER QUEM SÃO ESTES ACIONISTAS E QUEM SÃO OS PRODUTORES DOS DERIVADOS DOS BIOCOMBUSTÍVEL, AI QUE ESTA O X DA QUESTÃO , A MÁFIA DA PETROBRAS ESTA ESTAMPADA NOS PREÇOS DOS COMBUSTÍVEL EM TODO O BRASIL , CHEGOU A HORA DA OPERAÇÃO LAVA JATO E A POLÍCIA FEDERAL INVESTIGAR A VERDADE , CHEGA DOS BRASILEIROS PAGAR CONTAS QUE NÃO DEVEMOS , A PETROBRÁS NUNCA FOI O ORGULHO DA NAÇÃO , FOI A ESTATAL QUE MAIS EXPLORAM DO POVO BRASILEIRO.

Responder

2
3


Jorge - 26-04-2019 20:16:40

Viola, ñ é nada disso que vc ta falando.

Responder

0
0


Pedro - 24-04-2019 19:02:29

O sr. Aldo não mentiu um milimetro. Tem uma rede ai bem manjada e o dono que se beneficiou muito com emprestimos ilicitos a varias figuras e para se safar fez delação é um deles. Junto a ele seus comparsas de velhos negocios escusos. Tem uma pessoa que prova tudo de cabo a rabo com direito a vinheta. Mas, o dinnheiro mamda até na verdade. Inclusive na omissao de sites e sites que se dizem serios. O babado é fortissimo e ha decadas envolvendo até a intocável JBS. Cenas dos proximos capitulos estão por vir. Aguardem.

Responder

6
2


Vitor - 24-04-2019 08:04:44

Comando vermelho está igual a maçonaria . kkkkkkkkkkkkkk

Responder

8
1


4 comentários