Mauro Mendes assina carta e pede ajuda de Bolsonaro para pagar 13º dos servidores | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

POLÍTICA Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019, 17h:21 | - A | + A




Calamidade Financeira

Mauro Mendes assina carta e pede ajuda de Bolsonaro para pagar 13º dos servidores

Governador tem procurado formas de pagar o 13º dos servidores públicos e ultrapassar crise financeira do estado


redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

 

Após afirmar que não podia garantir o pagamento integral do salário dos servidores, Mauro Mendes (DEM) tem procurado outras estratégias para superar o caos econômico do estado. Mendes assinou um pedido do Fórum Nacional de Governadores para que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) antecipe R$ 5,3 bilhões aos estados para que o pagamento do 13º salário dos servidores públicos seja efetuados.            

A verba é proveniente dos recursos da venda do pré-sal. Mato Grosso tem direito a apenas R$ 322,4 milhões, do montante de R$ 69,96 bilhões arrecadados pelo governo federal. Na carta, de acordo com o jornal Estadão, a carta afirma que “é de inestimável relevância para o pagamento do 13º salário dos servidores dos Estados”.  

Mato Grosso não é o único com dificuldades financeiras. Estados como Minas Gerais e Distrito Federal também concordam com os termos proposto no documento. O Fórum afirmou ainda que tem apoio da maioria dos 27 governadores.  

"O órgão ainda alegou que a antecipação não é determinante para garantir o pagamento de servidores estaduais, mas que traz um 'alívio' para fechar as contas do ano", diz trecho da reportagem do Estadão. O Ministério da Economia ainda está analisando o pedido, já que a previsão do repasse era o dia 27 de dezembro.  

Na última sexta-feira (6), Mendes afirmou que ainda não tem certeza sobre o pagamento. "Até a semana que vem temos alguns eventos que podem nos permitir dizer se será possível pagar o 13º no dia 20 ou quando poderemos pagar. Temos um planejamento para honrar os compromissos", disse. Entretanto, o governador garantiu que os salários serão pagos em parcela única na próxima terça-feira (10).  

O estado tem enfrentado uma crise econômica sem precedentes. No mês de janeiro, logo após a sua posse, o governo decretou situação de calamidade financeira, prestes a perder a capacidade de manter serviços essenciais da máquina pública. Desde então, Mauro Mendes tem procurado meios de reduzir os custos do estado, cortando cargos e funções públicas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Zeca - 10-12-2019 07:03:52

Recomendo um ensaio da ARMINHA !!!

Responder

3
0


Celso Luiz Ferreira - 10-12-2019 06:56:06

Mas o tal repasse do pre sal não será para quitação de previdenciários?

Responder

4
0


2 comentários

coluna popular
Chapa matrimonial
Marketing
Eleições municipais
Senado
Coronavírus

Últimas Notícias
22.09.2020 - 22:49
22.09.2020 - 21:15
22.09.2020 - 20:43
22.09.2020 - 19:42
22.09.2020 - 19:00


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Ralf Leite (MDB)

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho



Informe Publicitário