Mauro Mendes pretende parcelar férias de servidores em três vezes | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019

POLÍTICA Terça-feira, 08 de Outubro de 2019, 18h:38 | - A | + A




Lei Complementar

Mauro Mendes pretende parcelar férias de servidores em três vezes

Vice-governador, Otaviano Pivetta encaminhou a proposta para o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho


redacaomuvuca@gmail.com

Vice-governador de Mato Grosso - Otaviano Pivetta I Foto: Reprodução

O vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (PDT), encaminhou uma proposta para o presidente da Assembleia Legislativa (ALM), Eduardo Botelho (DEM), em que visa o parcelamento de até três vezes ao ano nas férias dos servidores públicos do Estado.

A proposta de Lei Complementar que foi encaminhada por Pivetta, deve ser votada nas próximas semanas.

Conforme o texto, o Estado não terá nenhuma despesa extra com a mudança e que o parcelamento das férias, como já ocorre na iniciativa privada só irá acontecer, caso seja o desejo do servidor.

As férias, na iniciativa privada, podem ser divididas em três períodos, desde que negociadas por ambas as partes. Um deles não pode ser inferior a 14 dias e os demais não podem ser menores do que cinco dias corridos, cada.

O projeto também propõe padronizar a cessão do tempo, por um período de cinco anos na administração pública.

A mensagem ainda cita como exemplo a lei de carreira de servidores do sistema penitenciário, que permite a cessão por 24 meses, que podem ser prorrogados por mais 24.

Otaviano Pivetta

O pedido feito pelo vice-governador, enquanto ele assumia o cargo do atual governador do Estado Mauro Mendes (DEM), durante sua viagem ao exterior. O democrata cumpriu com uma agenda internacional nos Estados Unidos e na Bolívia.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(4) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

marcelo - 09-10-2019 09:09:09

PAGAR O RGA NEM PARCELADO ELES QUEREM, MAS BOTAR MAIS FERRO NO SERVIDOR AI ELES QUEREM. TEM QUE ARRANCAR ESSES EMPRESÁRIOS DAI E, LOGO.

Responder

13
0


Cleber - 09-10-2019 07:51:03

Fui no Seminário Servidor Consciente, essa é um proposta do governo MT, SE O SERVIDOR QUISER, NÃO É REGRA PODERÁ TIRAR FÉRIAS DE 15 DIAS, 10 DIAS , OU 30 DIAS. PARCELAR AS FÉRIAS EM 3 VEZES, DENTRO DO ANO. ASSIM DEVERIA SER COM O 13 SALÁRIO, POIS O SERVIDOR TEM DIREITO AO TOTAL INTEGRAL, MAS PODE OPTAR EM PARCELAR 2 VEZES, MAIS AI VAI A CORREÇÃO PELO INPC. ESTOU VENDO QUE O ESTADO MT, ESTÁ CRIANDO REGRAS DA INICIATIVA PRIVADA. ENTÃO É BOM CRIAR REGRA PARA PAGAR O FGTS, E OUTROS BENEFÍCIOS QUE A INICIATIVA PRIVADA TEM A DISPOSIÇÃO DO TRABALHADOR. UM ALERTA, ARRUME A CASA, DEIXE O SERVIDOR UM POUCO DE LADO, POIS TEMOS LEIS QUE GARANTEM O SERVIDOR 04/90 , POR EXEMPLO.

Responder

13
1


ROBSON JOSÉ - 08-10-2019 22:05:49

Dessa vez os servidores tem que parar o estado por completo, todos os setores, ou será que o servidor vai aceitar mais essa? Greve geral no estado. Temos que acordar, estamos sendo lesados por esses ditadores que "governam" o Estado de Mato Grosso.

Responder

40
6


Laura - 09-10-2019 06:20:17

Acho bom,! Isso não é novidade, no âmbito federal já é assim, e somente caso o servidor escolha essa opção, será parcelado em 3x

Responder

5
3


4 comentários