Mauro Mendes veta Lei, para não pagar RGA dos servidores | MUVUCA POPULAR

Domingo, 19 de Maio de 2019

POLÍTICA Quinta-feira, 07 de Fevereiro de 2019, 00h:16 | - A | + A




Perseguição

Mauro Mendes veta Lei, para não pagar RGA dos servidores

Fex foi retirado do cálculo da RCL para não dar chance de pagar direitos dos trabalhadores

 

No último dia 25, a Assembleia Legislativa (AL/MT), aprovou o chamado 'pacote da maldade', um conjunto de medidas encaminhadas pelo governador Mauro Mendes (DEM), que passou o facão em diversos setores da sociedade, sendo o mais prejudicado, os servidores públicos, que tiveram alguns direitos mutilados e o RGA sendo condicionado a um suposto fluxo de caixa positivo, que - todos sabem -  nunca ocorrerá, ao menos neste governo, que já se mostrou perdulário (Vide aluguel de mansão para seguranças).

Para completar o serviço, e garantir que não haja fluxo caixa que faça saldo para pagar o direito dos servidores, Mendes vetou, nesta quarta (06), a Lei proposta pelo presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, que previa inserir recursos do Fundo de Exportação (FEX), na base de cálculo da Receita Corrente Líquida, garantindo assim, os recursos para pagar o RGA dos servidores.

Com isso, Mendes fecha o cerco sobre o Reajuste Geral Anual, que ele prometeu a plenos pulmões durante a campanha, agora, colocando definitivamente uma pedra na questão.

“Temos que fazer o que é correto. Só vamos consertar Mato Grosso se tivermos coragem de tomar decisões que possam ser explicadas, e que acima de tudo, sejam corretas. Nesse caso, vetamos, pois, incluíram uma receita (FEX) que autoriza – a partir do momento que inclui – gasto com pessoal, em cima de uma receita que é incerta. Ano passado, por exemplo, FEX não veio”, justificou Mendes.

O argumento do governador é que não pode autorizar gastos com base em receitas que podem não ser repassadas. “A Lei estabelece parâmetros para autorizar gastos, e você não pode autorizar gasto em cima de receita incerta, que não é obrigação da União. Se você coloca essa expectativa de receita no cálculo e autoriza aumentos de salários, você aumenta despesas, a receita não vem e você fica sem conseguir honrar os compromissos. Por isso vetamos”, completou.

O que o governador não explicou, é que o FEX só entraria na receita, se realmente chegasse ao caixa do estado. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Pardal - 08-02-2019 18:30:05

Comportar como se fosse dono do Estado de MT, isso é preocupante para todos. É bom exercer a democracia e deixar de lado o autoritarismo.

Responder

0
0


luiz - 07-02-2019 17:47:10

Tá pior pedro taxi falou mauro malvadeza

Responder

7
0


mané - 07-02-2019 12:09:08

Decepção ??? Você ainda não viu nada !!! Tá sentada ? Então senta ,e peça dois Rivotril , 6 Maleatos ,e agende um MARCA PASSO !!! O seu Presidente ,o BOZÓ , vai VETAR que seus FILHOS , NETOS ,SOBRINHOS que ainda não estão no mercado de trabalho , recebam ; 13ª, FÉRIAS e o FGTS !!! È BOMJAIRSEFERRANDO !!!

Responder

12
2


Cidadão - 07-02-2019 11:29:00

Exato só entraria na calculo se efetivamente viesse, e pior, está aguardando a aprovação da reforma do FEX no congresso, que já está no Senado que torna obrigatório, aumentaria para próximo a 1 bilhão por ano e seria transferido mensalmente, o que faria o indice ser favorável a RGA. Entenderam o interesse do governo? Ferrar mesmo com os direitos dos servidores.

Responder

16
0


Hélio Silva - 07-02-2019 10:19:01

Não existe troco e nem Aguardar a próxima eleição, tem que ser agora; onde está os sindicatos dos professores, da polícia e de todos os setores; os trabalhadores têm que se alinhar para beneficiar a todos e não a alguns setores. Só espero que não estejam tirando proveito em benefício próprio. Governo passado fizeram greve geral logo de começo, e agora estão esperando o que. Esse homem veio para acabar com os trabalhadores, ele não tem preocupação a mais que nos servidores de pagar nossa dívida com colégio, banco( que vai com certeza descontar o décimo terceiro do nosso salário, onde muitos anteciparam), ele não está preocupado com nos servidores, com o leite e alimentos para nossa família. Ele é mais um que entrou, só isso, não preocupa comigo e nem com você, só com ele. Basta

Responder

22
0


decpecionada - 07-02-2019 09:10:06

que decepcao....mais um analfabeto....NAO e nunca foi aumento e sim perda salarial... todas categorias tem ate mesmo o salario minimo....perda salarial.....como sempre seu troco vai esta guardado ...nas proximas eleicoes....entao aproveita....

Responder

24
0


6 comentários