Mendes não dará trégua aos servidores grevistas  | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

POLÍTICA Sexta-feira, 24 de Maio de 2019, 09h:36 | - A | + A




Respaldo jurídico

Mendes não dará trégua aos servidores grevistas

Governador estuda meios jurídicos para barrar os grevistas


redacaomuvuca@gmail.com

 

O Governo Mauro Mendes (DEM) mostrou que não dará trégua aos servidores da educação que, em resposta ao corte de R$ 5,83 bilhões do orçamento do Ministério da Educação (MEC), deflagraram greve geral na tarde da última segunda-feira (20).

De forma estratégica, o chefe do Executivo está se respaldando de forma técnica e juridicamente, para enfrentar os setores do funcionalismo que prometem parar as atividades a partir da próxima segunda-feira (27).

Inclusive, o governador recebeu do Ministério Público Estadual (MPE) uma notificação para não conceder reajuste salarial, o que já vai contra o movimento.

Além disso, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) reforçou a tese de que o governo tem o aval jurídico para cortar o ponto dos grevistas, recorrendo a uma decisão do Supremo de 2016, que considerou constitucional o desconto dos dias parados, exceto quando houver acordo de compensação.

Ainda conforme o governo, em caso de greve geral, vai recorrer à justiça para decretar a sua ilegalidade. E há ainda uma outra investida, mas ainda sem segurança jurídica, que é a demissão de efetivos. Como se vê, o Palácio Paiaguás não vai dar trégua para os futuros grevistas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(17) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Adsandro Magalhaes - 27-05-2019 09:01:10

Esse aí tá sendo uma decepção

Responder

0
0


Débora Müller Padilha - 27-05-2019 09:00:28

Acho que a recíproca é verdadeira.

Responder

0
0


Izabel - 25-05-2019 12:10:58

A sociedade deveria sair às ruas conosco, p exigir escolas em condições de receber os filhos, na unidade q trabalho tem um banheiro, um vaso sanitário só, p mais de 40 servidores, homens e mulheres e o banheiro das crianças dá nojo de entrar, uma calamidade, um descaso, não temos internet p usar a tecnologia p aplicar os conteúdos... Este desgovernador não ganha nem p síndico em MT.

Responder

5
0


LRF X AUMENTO RGA PARA ALGUNS PODERES - 24-05-2019 20:46:18

VAMOS A PERGUNTA, O GOVERNO ESTA FALANDO QUE ESTÁ GASTANDO 61% COM FOLHA DE PAGAMENTO, MAS ESSE VALOR E SÓ DO EXECUTIVO OU DE TODOS OS PODERES JUNTOS????? SE O GOVERNO DEU AUMENTO PARA OS OUTROS PODERES E CLARO QUE VAI SUBIR O GASTO COM PESSOAL POIS QUASE TODOS OS PODERES DEU AUMENTO DE RGA PARA SEUS SERVIDORES????? AGORA ME RESPONDERAM AI ESSA PERGUNTA????

Responder

7
1


Regina Guanaes - 26-05-2019 07:51:02

O orçamento dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário são independentes. Cada um tem seu poder e limite de gastos de acordo com a Constituição, Lei de Responsabilidade Fiscal, etc

Responder

1
0


alexandre - 24-05-2019 14:48:08

Para o executivo, servidores são somente do poder legislativo, judiciario, TCE, MPE, CGE, PGE o restante do executivo, são tratados como serviçais, não como servidores, só as sobras....

Responder

17
2


Mariza beatriz De souza - 24-05-2019 15:34:01

E nos do executivo estamos morrreeeennnnndo de medo do Imperador desleal

Responder

9
2


Paquim - 24-05-2019 13:52:01

É que se ele der aumento que funcionalismo quer, não vai sobrar para desviar e encher o c.... dos outros poderes e salvar o grupo BIPAR. Prefeitura de Cuiabá? Muita grana! Do estado de MT? Muito mais grana, para sair da insolvência e da falência! MPE? Judiciário? Tudo comprado!

Responder

11
1


Ribeiro - 24-05-2019 12:57:31

Vai ter corte de ponto podem apostar

Responder

10
0


Rosana - 24-05-2019 12:55:50

Eles estão certo tem que fazer greve mesmo pressionar esse governo que não sabe trabalhar

Responder

19
3


Jorge C. Lima - 24-05-2019 12:41:20

Será que ele não tem vergonha de mentir para os servidores públicos do Poder Executivo de MT, quando pediu VOTO. Sinto um arrependimento inenarrável e inexprimível de ter ajudado elegê-lo.

Responder

21
5


Beneti Lara - 24-05-2019 12:40:50

Virou moda.. em MT....governador perseguir servidor

Responder

20
1


Marcia Garcia Bello - 24-05-2019 12:40:12

Dr. Pedro Taques não estava bom, votaram em massa no sr. Mauro Mendes. Promessa de campanha? Só acredita quem quer acreditar.

Responder

17
1


Rosana Monteiro - 24-05-2019 12:39:16

Não queremos trégua e sim diálogo e respeito. Por nenhum direito a menos!

Responder

16
2


Adsandro Magalhaes - 24-05-2019 12:38:24

Esse aí tá sendo uma decepção

Responder

14
1


Ricardo - 24-05-2019 12:37:08

Que vergonha governador deixa os grevistas fazerem suas greves

Responder

11
2


Bernardo - 24-05-2019 12:36:22

E seu Mauro Mendes continua sentado que voce vai bem

Responder

9
1


17 comentários