05 de Agosto de 2021

MP quer que Dilmar Dal Bosco seja condenado à perda de mandato | MUVUCA POPULAR

 

POLÍTICA Quarta-feira, 21 de Julho de 2021, 19h:00 A | A

Operação Rota Final

MP quer que Dilmar Dal Bosco seja condenado à perda de mandato

Órgão exige que deputado seja condenado à reparação de R$ 86 milhões


redacaomuvuca@gmail.com

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) solicitou que a Justiça condene o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) à perda do mandato pela participação no esquema de corrupção e fraude no transporte intermunicipal do estado. O órgão também pediu que seja fixado como valor mínimo de reparação a quantia de R$ 86,6 milhões.

Leia mais: Deputado Dilmar Dal Bosco é denunciado em mais uma ação da Rota Final

A denúncia aponta os crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, impedimento e perturbação à licitação, afastamento de licitantes, e crime contra a economia popular. Além de Dilmar, foram denunciados, no âmbito da terceira fase da Operação Rota Final, nessa terça-feira (20), outros 18 envolvidos, dentre eles o suplente de deputado Pedro Satélite e o ex-governador Silval Barbosa.

Conforme as investigações, que resultaram em uma denúncia de 286 páginas, a organização criminosa queria impedir a implantação de um novo sistema de transporte intermunicipal e, para isso, agiu para barrar nova licitação promovida pelo Governo de Mato Grosso em 2017.

“Sem a realização do certame licitatório, as empresas ligadas aos envolvidos prosseguiriam a explorar, em caráter precário, inúmeras linhas de transporte intermunicipal, mantendo, dessa forma, o domínio econômico do setor, conforme vinha ocorrendo há várias décadas e garantindo lucros exorbitantes em detrimento da adequada prestação do serviço”, apontou o Ministério Público, em nota divulgada à imprensa.

Entre os fatos narrados estão a compra de um decreto estadual que tentou prorrogar as concessões precárias para as empresas de transporte até 2031, além do pagamento de propina ao deputado Dilmar Dal’Bosco e Pedro Satélite (à época deputado titular), que compunham a Comissão Especial de Transportes criada na Assembleia Legislativa.

Além da perda do mandato, o pedido do MPE é para condenação de perda da função e dos cargos públicos, no caso de outros servidores denunciados.


COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

J A Silva - 22-07-2021 09:10:49

Se fizerem isso, com certeza ele abrirá o "bico" e a quadrilha cairá! Inocente? Isso não aconteceu? Tem fortíssimas evidências e um parceiro foragido. Então? Mais alguma coisa senhora lerda e vergonhosa justiça?

Responder

1
0


1 comentários





Denuncie no muvuca popular

Email: redacaomuvuca@gmail.com / Tel: - (65) 3359-0112 - Whats: (65) 9.8167-8899

Edifício Helbor Dual, Sala 1314, cuiabá / MT 78048250

Todos os Direitos Reservados - Muvuca Popular - 2021