MT está entre estados que menos testaram casos de covid-19  | MUVUCA POPULAR

Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

POLÍTICA Domingo, 12 de Julho de 2020, 18h:07 | - A | + A




Novo coronavírus

MT está entre estados que menos testaram casos de covid-19

Estado é considerado epicentro da epidemia


redacaomuvuca@gmail.com

 

Enfrentando uma disparada de casos e óbitos pelo covid-19 no último mês, Mato Grosso e Minas Gerais são os estados que, proporcionalmente, menos testaram a presença de coronavírus em sua população até a metade de junho. Os dois têm a pior taxa de exames por mil habitantes do país, segundo dados do Ministério da Saúde informados ao portal de notícias UOL.

A cada mil mato-grossenses, 3,15 foram testados para o vírus até 19 de junho. Entre os mineiros, a taxa é de 5,54. Esse índice contabiliza tanto os exames do tipo RT-PCR, que identificam a presença do vírus no organismo e são os ideias para o controle da epidemia, quanto os testes rápidos, considerados ineficazes por médicos e cientistas. Considerando apenas números de RT-PCR, Mato Grosso não chegava a um teste por mil habitantes (0,8), e em Minas Gerais a taxa é de 1,3 teste por mil.

Em comparação, a maior taxa por mil habitantes foi em Rondônia, onde 26,97 em cada mil pessoas foram examinadas. Em números absolutos, São Paulo realizou mais testes: 495.840 até 19 de junho.

Na última sexta-feira (3), a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) classificou Mato Grosso como epicentro da epidemia no país. Ao longo do mês de junho, as mortes provocadas pela covid-19 aumentaram 454,55% e os casos, 341,18%. Já há filas por vagas de UTI e, segundo projeções de pesquisadores da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso), se a taxa de contágio seguir nesse patamar, será necessário o dobro de leitos do que a capacidade atual.

"Para achatar a curva e diminuir o número de casos, ou é isolamento ou é testagem em massa. Mato Grosso não fez nenhum dos dois. Não há política nos municípios de isolamento, de fechamento de comércio. Os testes são somente para casos que estão indo para a internação", diz Emerson Soares dos Santos, um dos autores do estudo da UFMT e membro do Instituto de Saúde Coletiva da instituição.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 13-07-2020 07:58:05

só testa médico e contaminado, o dinheiro veio, não testaram e não abriram leitos...ainda a petezada quer jogar a culpa no Bolsonaro..

Responder

1
1


1 comentários

coluna popular
Revezamento entre presencial e teletrabalho
Eleição municipal
Segunda votação antes de ser sancionada
Antigos jargões entram em cena
“Retorno às origens”

Últimas Notícias
12.08.2020 - 19:37
12.08.2020 - 19:00
12.08.2020 - 18:33
12.08.2020 - 18:00
12.08.2020 - 16:52




Informe Publicitário