"O Brasil não vai ter clima para fazer eleição este ano", avalia Misael  | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 28 de Maio de 2020

POLÍTICA Quarta-feira, 01 de Abril de 2020, 09h:07 | - A | + A




Efeito Coronavírus

"O Brasil não vai ter clima para fazer eleição este ano", avalia Misael

Pandemia do Covid-19 deve afetar cenário eleitoral no país


redacaomuvuca@gmail.com

Reprodução

Misael Galvão

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Misael Galvão (PTB), afirma que o país não terá clima e nem suporte financeiro para realizar as eleições municipais em outubro. "Eu acho difícil ter eleição este ano", comentou, durante entrevista ao vivo no Programa Muvuca, na rádio Shekinah FM, na manhã desta quarta-feira (1).

Além do parlamentar, diversos políticos também defendem o adiamento das eleições de outubro, diante da crise mundial enfrentada pelo surto de Coronavírus.

"O Brasil não vai ter clima para fazer eleições este ano, essa é a minha opinião pessoal", comentou Misael.

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, afirma que a discussão sobre possível adiamento das eleições municipais é um “debate precoce” e, até o momento, o pleito está mantido.

Weber determinou apenas o adiamento da eleição suplementar ao Senado em Mato Grosso, que estava prevista para o dia 26 de abril, por causa da disseminação do vírus.

Misael afirma que é momento de unir forças no combate à doença e pensar em primeiro lugar na saúde da população. O parlamentar também destaca que os vereadores da capital destinaram R$ 8,7 milhões em emendas impositivas à Secretaria de Saúde, para investimentos em ações visando o combate ao Covid-19.

A medida é fruto de um esforço conjunto dos parlamentares, que optaram por remanejar as suas emendas, as quais já haviam sido aprovadas pela Câmara de Cuiabá e está inclusa no orçamento deste ano.

No total, 20 parlamentares remanejaram suas emendas à Secretaria Municipal de Saúde, a fim de garantir maiores investimentos em ações para detectar, proteger, tratar e reduzir a transmissão do novo coronavírus. Os demais vereadores já destinaram 50% do valor da suas emendas à Saúde, o que equivale a R$ 300 mil cada.

Um ofício especificando valores e destinação proposta por cada parlamentar foi encaminhado ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Deputada diz ter 80% de chance de ser escolhida
12,1°C
Entregam 500 toneladas de alimentos
Não quer dividir méritos
Pesquisa nacional

Últimas Notícias
27.05.2020 - 23:20
27.05.2020 - 21:23
27.05.2020 - 21:15
27.05.2020 - 20:59
27.05.2020 - 20:41




Informe Publicitário