Observatório convoca população para se manifestar contra compra de iphones  | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2021, 10h:34 | - A | + A




“E-MAILZAÇO”

Observatório convoca população para se manifestar contra compra de iphones

Campanha “E-mailzaço” quer chamar atenção de promotores e procuradores do MPE


redacaomuvuca@gmail.com

 

A presidente do Observatório Social de Mato Grosso (OSMT), Elda Vanin, convocou a população para se manifestar contra a compra dos celulares de luxo para promotores e procuradores do Ministério Público do estado (MPMT) através da campanha “E-mailzaço”

Conforme a presidente do OSMT, além das providências judiciais tomadas, o observatório também lançou a campanha para que cada cidadão possa enviar e-mails aos promotores e procuradores pedindo para que não seja feita a compra dos iphones.

“Um gasto absurdo em tempo de crise sanitária sem precedentes e incertezas quanto a economia do país. Participe conosco, é muito simples, basta acessar o site observatoriosocialmt.org e clicar na campanha, coloque seu nome, e-mail e pronto, todos os e-mails serão enviados automaticamente”, informou a presidente.

O observatório social fez uma notificação extrajudicial dirigida ao procurador-geral de Justiça de Mato Grosso solicitando que não fosse comprado os celulares de luxo, por serem ostentatório, ou seja, com preço elevado, o que não é justificável a não ser para mostrar o status do consumidor.

Contudo, para surpresa do Observatório, a PGJ defendeu a compra e, inclusive, alegou que o Ministério Público do Tribunal de Contas também comprou iphones.

“Interessante que na ação judicial contra a verba indenizatória os procuradores do TCE alegam que o Ministério Público do Estado não considerou irregular o recebimento da verba indenizatória de R$35 mil por mês. Assim, os órgãos de controle justificam as ações imorais um do outro e a conta fica para sociedade pagar. E é justamente por essa razão que a sociedade precisa entrar nesse jogo e nós estamos perdendo de goleada. Cidadão não se conforme com as injustiças, mostre sua indignação”, finalizou a presidente.

Em 18 de dezembro de 2020 foi homologado o pregão de registro de preços, com três empresas como vencedoras, para compra de 400 celulares com tecnologia de ponta avaliados em R$ 2,2 milhões, que serão usados por promotores e procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 14-01-2021 11:47:42

IPHONE já compraram , agora notbooks na garantia pra trabalhar em casa, e adicional de periculosidade de 30%, sobre um provento de 30 mil , pra trabalhar em home office...MPE e´o fiscal da lei, tem que dar bons exemplo...pra sociedade...MPE sempre teve uma boa imagem

Responder

4
0


Alex r - 14-01-2021 14:16:13

Vamos dar nome reais as coisas. Isso é criminoso! Abusar e endividar o Estado para conforto pessoal! SE os nobres não tem condições em casa para trabalho home office não trabalhe em casa! Não é dado essa possibilidade a todos os servidores !

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
Nas alturas
Entenda
Presidente IPA
Staff de Cuiabá
Única mulher na AL

Últimas Notícias
27.01.2021 - 23:05
27.01.2021 - 21:33
27.01.2021 - 20:18
27.01.2021 - 19:03
27.01.2021 - 18:16




Informe Publicitário