Parlamentar exige a exposição da “banda podre” do Ministério Público | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

POLÍTICA Quarta-feira, 17 de Julho de 2019, 11h:53 | - A | + A




Grampolândia

Parlamentar exige a exposição da “banda podre” do Ministério Público

Parlamentar cobrou, um esclarecimento do procurador geral de Justiça referente ao esquema de escutas telefônicas ilegais

634f2aa17f15ef683262007c83730695.jpg

Foto: Divulgação

No fim da noite desta terça-feira (16), a deputada Janaina Riva (MDB) fez o uso da tribuna da Assembleia Legislativa (AL) para cobrar do procurador geral de Justiça, José Antônio Borges, esclarecimento sobre os depoimentos dos policiais militares a respeito do esquema de escutas telefônicas clandestinas, que ficou conhecido como "Grampolândia Pantaneira". 

Segundo a parlamentar, o depoimento dos militares sobre o caso expuseram a banda podre do Ministério Público em Mato Grosso.

“Uma instituição que deveria constitucionalmente zelar pelos direitos dos cidadãos, teria patrocinado os grampos ilegais e violado o direito fundamental à privacidade de centenas de pessoas incluindo eu. Os fins justificam os meios? Quem são os mocinhos e quem são os bandidos?”, questionou.

Em depoimento, os militares declararam que o telefone da parlamentar teria sido grampeado a mando do Taques. O ex-governador queria investigar se a deputada dava continuidade a alguma fraude praticada por seu pai, o ex-deputado José Riva. Ainda por intermédio dos grampos, Taques teria constatado que a mãe de Janaina, Janete Riva, seria apontada para à vaga de conselheira do Tribunal de Contas e assim, o ex-governador teria usufruído da sua influência para impedir que Janete chegasse ao cargo. 

Janaina questionou se os culpados serão indiciados e responsabilizados, do mesmo modo como ocorre com políticos, gestores e membros de outros poderes.  Ainda relatou uma série de imprecisões apresentadas pelos militares contendo membros do Ministério Público na Grampolândia.

“Quem são esses promotores? Eles vão ser presos igual são os deputados? Igual são os prefeitos e os vereadores? Eu queria saber o que vai acontecer. Vejo da mesma forma o ex-governador Pedro Taques. Acho que está na hora de todo mundo responder pelo que fez. Foi muito macho para fazer, agora está na hora de responder pelo que fez”, criticou a deputada.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Ivo - 17-07-2019 17:14:02

Kkkk ela esta correta so que a banda podre esta em todos os orgaos legislatico executivo judiciario e por ai vai.kkmmk

Responder

2
0


Olavo - 17-07-2019 12:13:13

Sempre é difícil concordar com você deputada, mas desta vez você está certa.

Responder

3
1


2 comentários