Permínio Pinto entrega suposto esquema de caixa 2 envolvendo Wilson Santos  | MUVUCA POPULAR

Sábado, 06 de Março de 2021

POLÍTICA Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2021, 10h:13 | - A | + A




Polêmica

Permínio Pinto entrega suposto esquema de caixa 2 envolvendo Wilson Santos

Irregularidades teriam acontecido na reeleição do Tucano em 2008


redacaomuvuca@gmail.com

Fablício Rodrigues/ALMT

Wilson Santos

 

O ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto, entregou um suposto esquema de caixa 2 envolvendo o atual deputado estadual Wilson Santos (PSDB). Toda a situação exposta pelo então homem de confiança do parlamentar, teria ocorrido no ano de 2008, quando o político tentava se reeleger para a prefeitura da Capital.

De acordo com os documentos apresentados pelo delatado, há uma planilha que se tem o pagamento de despesas não contabilizadas após o período eleitoral, com montantes que variam de R$ 10 mil a R$ 1,4 milhão. O arranjo apresentado por Permínio também envolve cerca de 20 empresas que naquela época possuíam contrato com a cidade e que teriam utilizado empréstimos do Banco Industrial e Comercial S.A. (BicBanco) para serem concretizadas.

Para realizar o suposto caixa 2, de acordo com a delação de Permínio, o próprio deputado teria feito uma orientação para que fosse arrecadado o dinheiro junto às empresas que prestavam serviços à prefeitura naquela época. Depois de ocorrido o pleito municipal, essas empresas teriam feito empréstimos junto ao banco citado, que com autorização da gestão, informava sobre os créditos que cada uma tinha a receber da Capital.

Para quitar os empréstimos, as empresas receberiam valores da prefeitura em forma de pagamentos aos seus contratos em vigência, segundo o delator.

Ainda, para poder “coordenar” toda essa situação, o delatado destacou até que precisou abrir mão da eleição que iria disputar como vereador pela cidade. Porém, nessa época, o motivo dado foi “em razão do compromisso político partidário que sempre manteve com o PSDB”.

Há vários documentos entregues pelo delatado que podem ajudar a comprovar todo o fato apontado como caixa 2. Todos esses foram apresentados através de uma decisão homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2017 e o inquérito foi aberto dois anos depois, em 2019.

Sobre o caso, o Ministério Público Estadual (MPE) pediu mais 90 dias para se manifestar após o prazo ter esgotado, o que ocorreu em janeiro deste ano.

Por meio de sua assessoria, o parlamentar negou todas as acusações. Veja a nota abaixo.

Nota de esclarecimento

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) informa que pauta sua carreira política pela lisura, transparência e legalidade dos seus atos, declarando todas as despesas de campanha oficialmente à Justiça Eleitoral.

A maior prova disso é que jamais houve qualquer denúncia oferecida pelo Ministério Público Eleitoral por despesas irregulares.

Todas as contas de campanha foram devidamente aprovadas pela Justiça Eleitoral sem qualquer ressalva.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Eleitor - 23-02-2021 15:28:40

Deputado se a sua vida e pautada na lisura e transparência então como explicar a questão do rodoanel de Cuiabá e o seu patrimônio bloqueado pela justiça? Quem tem todos os adjetivos mencionados pelo senhor jamais terá problema com a justiça...A verdade é que o senhor esta em fim de carreira porque o povo de Mato Grosso já o conhece e não cairá mais em suas lorotas.

Responder

3
0


Wagner - 23-02-2021 10:42:39

O PINÓQUIO ( PSDB) NUNCA PAROU DE MENTIR E DE FREQUENTAR AS MANCHETES POLICIAIS !!!

Responder

10
0


EX.ELEITOR - 23-02-2021 10:33:01

Creio que, enfim, a Justíça se aproximaaaa de sua EFETIVAÇÃO! Valei- nos XANGÔ!

Responder

9
0


3 comentários

coluna popular
Pista foi interditada
Em comércio
Principal nome a ser indicado
João Batista não concorda com decisão
Covid-19

Últimas Notícias
06.03.2021 - 17:23
06.03.2021 - 15:41
06.03.2021 - 14:44
06.03.2021 - 13:30
06.03.2021 - 11:03




Informe Publicitário