Podemos quer deixar de ser "nanico" e pode apoiar Fagundes ao governo de MT  | MUVUCA POPULAR

Quinta-feira, 09 de Abril de 2020

POLÍTICA Sábado, 19 de Maio de 2018, 01h:00 | - A | + A




ELEIÇÕES 2018

Podemos quer deixar de ser "nanico" e pode apoiar Fagundes ao governo de MT

Possibilidade surgiu durante a vinda do presidencial senador Álvaro Dias


Redação

Marcio Camilo - Mpopular

Marcio Camilo - Mpopular

Presidenciável senador Álvoro Dias durante coletiva na sede Famato em Cuiabá

O Podemos, do presidenciável Álvaro Dias e do senador José Medeiros, avançou de vez nas tratativas com o Partido da República (PR), do senador Wellington Fagundes, visando a composição de uma chapa para as eleições de outubro deste ano.
Ocorre que Fagundes – pré-candidato ao governo – esteve presente na coletiva de imprensa do presidenciável pelo Podemos, senador Álvaro Dias, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (18), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), no Centro Político e Administrativo de Cuiabá (CPA).
Em seguida, os políticos se reuniram as portas fechadas com as principais lideranças do agronegócio no Estado.
Mas antes da reunião, em entrevista ao site Mpopular, Álvaro Dias deu a entender que a aliança com o PR estaria mais próxima do que nunca.
Isso porque ao ser questionado se o Podemos em Mato Grosso teria praticamente fechado o apoio ao PSL, que tem como pré-candidato ao governo do Estado o ex-prefeito de Sorriso Dilceu Rossato, o senador jogou uma dúvida no ar: “Mas será mesmo? Olha... eu acredito que não seja bem assim”, disse Dias ao entrar em seguida para a reunião com os ruralistas.
Outro indicativo que corrobora para esse cenário (Podemos junto com PR) foi a informação do senador Wellington Fagundes, que confirmou uma reunião entre os partidos agendada para a próxima segunda-feira (21).
“Eu penso que quem quer ser candidato a governo de Mato Grosso tem que buscar relacionar com todos. Nós não podemos fazer da campanha eleitoral uma disputa que seja pra impedimento de relação. Eu venho aqui, a convite do senador José Medeiros, pra mostrar a nossa receptividade, pois o senador (Álvaro Dias) sempre terá uma influência muito grande, sendo ou não eleito presidente da República. Então viemos aqui num gesto, com base no que nós queremos construir: uma boa relação para o Estado de Mato Grosso”, reforçou Fagundes que logo em seguida se reuniu com Dias e Medeiros no encontro as portas fechadas com os mais influentes produtores do Estado, entre eles Normando Corral, presidente da Famato. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Eugenio - 19-05-2018 08:50:51

Já se agigantou quando saiu da aba desse governo ridículo. A tendência agora é natural de crescer nos braços do povo

Responder

0
0


Nelso - 18-05-2018 13:37:32

Pode ser. O Medeiros está desesperado atrás de uma chapa. Kkkk

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
Não está de olho em reeleição
Intuito é que a população monitore contaminados
Pesquisa foi divulgada pela UFMT
Partido se prepara para eleições
Figueiredo reforça confinamento

Últimas Notícias
09.04.2020 - 19:18
09.04.2020 - 18:50
09.04.2020 - 18:19
09.04.2020 - 18:00
09.04.2020 - 17:07


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário