Políticos renomados colocam em risco suas biografias ao apoiarem João Bang  | MUVUCA POPULAR

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020

POLÍTICA Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020, 13h:03 | - A | + A




Nova Xavantina

Políticos renomados colocam em risco suas biografias ao apoiarem João Bang

Apoio pode até acabar com ‘carreira de bons homens públicos’


redacaomuvuca@gmail.com

Urna eletrônica.jpg

 

Conversa de bastidores e redes sociais do município de Nova Xavantina (distante 650 km de Cuiabá) dão conta que tanto o “apoio” declarado do atual prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, que sonha em ser candidato a deputado Federal pelo Vale do Araguaia nas eleições de 2022, quanto do ex-prefeito Gercino Caetano Rosa em declarar apoio ao candidato João Bang (PSB), além de colocar em 'xeque-mate' suas biografias política, ainda pode, por fim em suas carreiras de bons homens públicos.

Para alguns plantonistas e entendidos do assunto, em política “vale tudo”, menos assinar atestados de burrice, perder as vezes é ganho e ganho as vezes é perda para o bem comum.

Trocando em miúdos, as duas lideranças podem estar cavando suas próprias sepulturas políticas, e o pior; com as próprias mãos, pelo fato de estarem arriscando todas as suas fichas e biografia de homens públicos íntegros e de visão municipalista em uma candidatura que corre sério risco de ser rejeitada nas urnas.

Um dos fatores é que na eleição passada existia apenas um candidato a prefeito, João Cebola eleito com apoio de todos. Nesse pleito, a disputa está acirrada entre três postulantes Sávio Carvalho, Vanuza Pazetto e João Bang.

Outro fator é que o candidato apoiado pelo prefeito Cebola e pelo ex-prefeito Gercino não goza de boa credibilidade perante a opinião pública, tem um histórico não republicano e coleciona o nome descompromissado, e o pior; era oposição a atual gestão até o mês passado, sendo o vereador que mais tentou desconstruir o governo local.

Segundo alguns populares a dupla “Café & Cebola” está entre a classe política local que ainda gozam de um bom prestígio junto a sua população, graças aos acertos realizados durante as suas gestões. Resta agora saber se no dia 15 de novembro a população de Nova Xavantina vai querer votar no candidato da dupla, as urnas dirão.

Conversa de bastidores dão conta que o apoio do atual prefeito Cebola ao candidato João Bang, prende-se ao fato dele ainda deve bastante favores políticos ao ex-prefeito Gercino Rosa, que em 2016 renunciou ao cargo para dar oportunidade para o então vice assumir a Prefeitura por quase um ano.

Em uma reunião ocorrida na semana passada no comitê de João Bang, com a presença de cabos eleitorais e alguns empresários ligados a gestão, o prefeito Cebola que até então estava de braços cruzados, estranhamente rasgou elogios ao vereador e candidato a prefeito João Bang (PSB) até então inimigo da sua gestão.

Em um passado recente, o pleiteante João Bang propositalmente liderou um grupo de vereadores durante a posse provisória do vice Ney Wellington, ao se levantarem virarem as costas para o prefeito e deixar ele com o microfone na mão falando sozinho durante a cerimônia, gesto abominável de covardia, falta de respeito aos olhos da sociedade e do gestor, que ficou perplexo com a atitude dos edis.

Cebola por seu turno, já havia espalhado aos quatro ventos xavantinenses que não tinha nenhuma vontade de apoiar a candidatura de Bang a prefeito, que preferia se manter quieto e de braços cruzados, dizia ainda que seu único compromisso político seria tão somente com o ex-prefeito Gercino, a quem não queria contrariá-lo.

Tudo indica que a pressão de Gercino sobre o prefeito fez com que ele viesse a aderir a essa campanha mesmo contra sua vontade, até mesmo para cumprir protocolo político.

Em seu discurso de apoio no comitê de campanha do candidato Bang, o candidato, o prefeito João Cebola aproveitou o microfone desta vez apenas para focar mais nas obras realizadas durante a sua gestão e nas outras que estão em andamento.

Pensando em sua biografia ele também pediu duramente ao candidato João Bang para que caso aconteça de ser eleito que ele seja honesto com o povo e que tenha respeito com o dinheiro público.

Alegando falta de tempo para engajamento na campanha, o prefeito alertou ainda ao candidato para que quando “ele pensar em fazer coisas erradas” que pense antes nele e no Gercino que estão apoiando. O prefeito alertou ainda ao candidato que não é fácil ser gestor de um município cheio de demandas e com 600 funcionários como é o caso de Nova Xavantina.

Já o ex-prefeito, Gercino Rosa, o principal “apoiador” da candidatura de Bang disse que não irá participar no dia a dia do corpo a corpo da campanha alegando a necessidade do distanciamento social devido a pandemia da Covid- 19, mas que irá gravar no horário eleitoral para o candidato.

“O João Bang foi o vereador eleito com menos votos em Nova Xavantina, ele foi arrastado na sombra da legenda, ele sozinho não chegaria a lugar algum, tem muito a aprender ainda”. Revelou Gercino.

Entre as desconfianças da população que pesa sobre os ombros do candidato citado é o fato dele nunca ter administrado nada e nem gerar emprego no município. Salve sua gestão por dois anos há frente da presidência do legislativo municipal, nada comparado a complexidade de administrar uma Prefeitura com uma receita que somente neste ano de 2020 foi estimada em R$ 99.220.000,00.

Outro fator bastante discutido e lamentável entre seus munícipes e que tem pegado nos bastidores é ao fato dele ser filho do ex-prefeito de Porto Alegre do Norte, Luiz Bang, assassinando em 2017 com quatro tiros na cabeça em sua chácara próximo à cidade de Confresa, embora nada comprova a participação do filho nas ações sanguinárias do seu pai, ele herdou seu DNA.

Luiz Bang era sanguinário e foi considerado pela justiça brasileira o 5 º maior pistoleiro do país, inclusive chegou a ser preso e responder na CPI da pistolagem do Congresso Nacional durante o governo do presidente Lula, pelo fato de ser ele um dos assassinos de ex-senador e candidato a governador de Rondônia Olavo Pires. Essa é apenas uma das histórias da Política e seus bastidores.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Silas - 16-10-2020 21:46:32

Cada tem seu CPF e identidade Por isso o homem disparou Entrou arrastado e fez um mandato invejável como presidente da câmara devolvendo recursos que administrou com competência durante dois anos Esse João bang 40 neles

Responder

4
0


1 comentários

coluna popular
Presidente corre risco de terminar seu final na c
Escondendo o passado
Dobradinha em Brasnorte
Dívida é de 1991
Deputado é empresário em vários setores

Últimas Notícias
23.10.2020 - 01:47
23.10.2020 - 01:40
23.10.2020 - 00:00
22.10.2020 - 23:36
22.10.2020 - 20:08


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário