Preço do etanol dispara novamente em Mato Grosso  | MUVUCA POPULAR

Domingo, 29 de Março de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 21 de Janeiro de 2020, 14h:36 | - A | + A




Desde segunda

Preço do etanol dispara novamente em Mato Grosso

Mais um aumento de R$ 0,11, em média, ao consumidor


redacaomuvuca@gmail.com

Etanol.jpg

 Foto: reprodução 

Em menos de 15 dias o preço do litro do etanol registra mais um aumento em Cuiabá, que passa da média de R$ 3,09 para R$ 3,20, desde segunda-feira (20). No último dia 9 o combustível já teria sofrido um reajuste na bomba de combustível de pelo menos R$ 0,20, de R$ 2,89 para R$ 3,09. O aumento se apresenta progressivo desde o mês de julho do ano passado, quando o litro do álcool ainda era R$1,99 em alguns postos da região metropolitana.

Porém, o diretor executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado de Mato Grosso (Sindalcool/MT), Jorge Santos, alerta que na usina aumentou apenas R$ 0,1 o litro do etanol, na última semana. E que se houve um aumento, além disso, ao consumidor, nesta semana que passou, não foi recorrente a aumento de preço nas unidades consumidoras, disse ao emanuelzinho.

Isso significa que o valor agregado aos consumidores na bomba dos postos de combustível foi escolha dos próprios empresários, para atingirem margem de lucro.

Apesar de Jorge Santos dizer que não sabe o motivo desta última alta no preço do litro do etanol, verificada ontem nas bombas de combustível, o acompanhamento feito pelo Sindalcool-MT, nos preços das unidades produtoras, é de que houve a ocorrência de dois aumentos que culminou na alta progressiva do etanol, desde dezembro de 2019. 

A primeira ocorrência foi por conta da forte variação do dólar, desde o final de novembro do ano passado, que impactou na elevação do preço dos insumos, como diesel, fertilizante e defensivos. Ambos são cotados em dólar. Isso fez com que aumentasse 10% o custo da produção da soja.

“O diesel em Mato Grosso é o mais caro no Brasil e os produtores utilizam dele para plantar e colher”, frisa o diretor da Sindalcool-MT, que responde pelas empresas produtoras de etanol.

Já o segundo fator, considerado pelo Sindalcool-MT o motivo da progressão do aumento do valor do álcool, está na mudança na forma de tributação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), pelo Governo do Estado de Mato Grosso, de 10,5% para 12,5%.

Segundo Jorge Santos, com a redução deste benefício fiscal para vários setores, desde o dia 1 de janeiro, o preço de pauta (preço pelo qual é obrigado a tributar o produto) que era de R$ 2,65 o litro (conforme determinação da Sefaz-MT – Secretaria de Fazenda do Estado de Mato Grosso) passou para R$ 2,86 por litro de etanol ao consumidor, conforme a carga tributária estar 2% maior.

“Então, basicamente este foi o grande impacto. Uma sucessão de fatos que atropelou todo o processo. O etanol é uma commodities (produtos que funcionam como matéria-prima, produzidos em escala e que podem ser estocados sem perda de qualidade). E commodities não tem preço, tem volume. Quanto maior o volume que eu venda melhor. Então eu não tenho o menor interesse em aumentar preço e reduzir o volume de vendas. Eu só faço pressionado pelos custos ou pela carga tributária”, explica.

Com este impacto no setor agrícola o valor final ao consumidor acaba sendo refletido, porém o valor atualizado nesta segunda-feira ainda não foi justificado.

Entenda

No dia 31 de dezembro o preço de venda na usina estava a R$ 2,32 o litro, já com o ICMS de 10,5%, o PIS - Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público e o Cofins - Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. Enquanto, em pauta, o valor médio vendido nos postos em Mato Grosso estava em R$ 2,65.

Em 3 de janeiro passou para R$ 2,48, o valor vendido pelos produtores, por conta desses aumentos apontados pelo diretor executivo do Sindalcool-MT, o que representou 5,97% de aumento. Já nos postos estava em média de R$ 2,86. E de lá para cá o preço praticado pelas usinas foi para R$ 2,51,  com os impostos embutidos, e para o consumidor em média até R$ 3,17. Ou seja, resultou em um aumento de R$ 0,19 no litro do etanol às distribuidoras e ao consumidor pelo menos R$ 0,31, de janeiro até esta terça-feira (21).

Jorge Santos explica que o consumidor acaba pagando bem mais, pois leva-se em consideração o custo do transporte ou mão-de-obra para a distribuidora levar até os postos, além de parte do PIS e Cofins que se paga, que, por sua vez, os empresários de postos ainda colocam outro valor que atinja a margem de lucro, com o valor já totalmente tributado. Ou seja, o empresário não paga mais impostos.

Contudo, o diretor executivo do Sindalcool-MT ressalta que o valor do litro do etanol vendido em Mato Grosso é o menor em todo o país, onde destaca que o maior valor final, de R$ 4,01 ao consumidor, é vendido no Acre, Estado vizinho que compra de Mato Grosso.

Também que Mato Grosso está vivendo uma boa safra este ano, com a produção de 2,5 bilhões de litros de etanol para um consumo estimado de 1,2 bilhões.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(3) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre - 21-01-2020 15:02:17

Temos que agradecer ao MM...Hobin Hood as avessas..

Responder

4
3


maria QUÁ QUÁ QUÁ - 21-01-2020 14:58:27

KKKKKK....o Dólar chegou a 4,20...a Gasolina deve dar um salto...e o Diesel....KKKK...pobre para encher o tanque do golzinho ,vai desenbolsar 280,00...não vai comer OVO ....kkkkk ...o OVO ou o Golzinho 2002 ....você decida ...kkkk...agora é assim ...ou come ou anda de golzinho sem ar....KKKkk....e o Guedes ,o sábio disse me Davos ,,,que culpa da Poluição , é do POBRE...kkkk...tá vendo pobre da DIREITA ....a culpa é sua...kkkkk...quem mandou andar de Jatinho, ser Industrial.....ter uma Ferrari....um Mustang....Camaro....kkkkkkk....ter ar-condicionado até no banheiro da sua Suíte Master...kkkkkk....ser Produtor de Soja,, usar muito defensivo no seu quintal.....kkkkkkk...tá vendo...você pobretão da DIREITA...você é o CULPADO ...kkkkkkkk....o Bozó já tinha avisado prá você parar de cagar ......é só meter uma RÔLHA Master no seu rabo....e pronto ,lá se vai o efeito estufa....kkkkk..este Bozó...ainda vai acabar com a pobreza ...kkkk...começando pelos da DIREITA BURRA...KKKKKKKK..

Responder

7
3


alex r - 21-01-2020 14:53:54

Procon n vai ver isso n??

Responder

4
0


3 comentários

coluna popular
Empresários pedem o fim da medida de isolamento
Medida Provisória
“Todas as decisões terão lado positivo e negativo”
Não chegou a ser cassado
Gentil Bussiki se dedicou por 40 anos ao órgão

Últimas Notícias
28.03.2020 - 19:17
28.03.2020 - 15:45
28.03.2020 - 13:52
28.03.2020 - 11:47
28.03.2020 - 10:59


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário