Prefeitura é acusada de pagar aluguel dobrado por imóvel da Saúde | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 30 de Março de 2020

POLÍTICA Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020, 19h:00 | - A | + A




Improbidade Administrativa

Prefeitura é acusada de pagar aluguel dobrado por imóvel da Saúde

Conforme denúncia do MP, existem dois contratos para o mesmo prédio


redacaomuvuca@gmail.com

Foto: Reprodução

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou um inquérito para investigar um suposto ato de improbidade administrativa na Prefeitura de Colíder (634 km de Cuiabá). Segundo a denúncia, no prédio do Departamento de Vigilância em Saúde, da Farmácia Central e Almoxarifado da Saúde, existem dois contratos de aluguéis referente somente a um imóvel.

A investigação foi aberta pelo promotor Danilo Cardoso Lima, da 1ª promotoria de Justiça Cível de Colíder, no dia 14 de janeiro.

A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público (MP) por três vereadores do município, onde apontaram que além do contrato duplicado, a prefeitura também teria ganhado o prédio do antigo Fórum da cidade, que comportaria vários órgãos, e que está abandonado no momento, enquanto Executivo paga alugueis.

De acordo com o promotor, o objetivo das investigações é “apurar eventual prática de ato de improbidade administrativa em decorrência da celebração de dois contratos distintos de locação de imóvel para funcionamento do Departamento de Vigilância em Saúde e da Farmácia Central e Almoxarifado da Saúde, relativos a um único imóvel, inclusive pelo fato de o imóvel onde funcionava o antigo fórum desta comarca ter sido “entregue” ao município de Colíder e encontrar-se sem utilização pela Administração Pública municipal”.

A portaria ainda determina que o prefeito da cidade, Noboru Tomiyoshi (PSD), seja notificado, além do diretor do Fórum.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
ALMT contra coronavírus
Adiamento é prematuro
Órgão quer suspender reabertura do comércio
Empresários pedem o fim da medida de isolamento
Medida Provisória

Últimas Notícias
30.03.2020 - 11:13
30.03.2020 - 11:09
30.03.2020 - 10:38
30.03.2020 - 10:28
30.03.2020 - 10:11


Carlos Fávaro (PSD)

Coronel Rúbia (Patriota)

Elizeu Nascimento (DC)

Gisela Simona (Pros)

José Medeiros (Podemos)

Júlio Campos (DEM)

Nilson Leitão (PSDB)

Otaviano Piveta (PDT)

Procurador Mauro (PSOL)

Reinaldo Morais (PSC)

Valdir Barranco (PT)

(Nenhum deles)

Feliciano Azuaga



Informe Publicitário