Profissionais do Nível Superior repudiam Sindspen por não representar classe | MUVUCA POPULAR

Sábado, 23 de Janeiro de 2021

POLÍTICA Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2020, 19h:00 | - A | + A




Omissão e Ausência

Profissionais do Nível Superior repudiam Sindspen por não representar classe

Categoria acusa sindicato de práticas antidemocráticas


redacaomuvuca@gmail.com

penitenciario.jpg

Foto: Reprodução

Os Profissionais do Nível Superior (PNS's) do Sistema Penitenciário divulgaram, nesta quinta-feira (3), uma nota de repúdio contra o Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen-MT) devido às práticas antisindicais e antidemocráticas, além da falta de representatividade e omissão em desfavor da categoria.

Segundo o documento, em tese o sindicato deveria defender os interesses e direitos dos Profissionais de Nível Superior Penitenciário, Agentes Penitenciários, Assistente Penitenciário e Auxiliar Penitenciário, no entanto, desde sua criação, demonstrou predileção aos interesses dos Agentes Penitenciários, movimentando toda a máquina sindical para engajar as lutas dessa categoria. 

Desta forma, os Profissionais alegam que as demais classes foram prejudicadas, pois possuíam uma representatividade meramente formal. "As categorias tinham um sindicato, mas não tinham o apoio e nem a representatividade sindical", diz trecho da nota.

Conforme a nota, durante a luta da Reforma da Previdência de Mato Grosso a ausência de representatividade, de força e de apoio sindical aos Profissionais de Nível Superior ficou ainda mais evidente, pois o Sindspen reivindicou apenas os interesses dos Agentes Penitenciários, articulando com a força política regramentos diferenciados e mais benefícios a respectiva categoria de profissionais, deixando os PNS's de fora, os quais tiveram que, por conta própria, se mobilizar e engajar politicamente a fim de buscar por regras mais vantajosas.

Em razão do descontentamento com a falta de apoio, a classe tem protocolado pedidos de dissociação desde 2016, porém, passaram quatro anos sendo ignorados pelo Sindspen e, somente em novembro deste ano, conseguiram finalmente a liberação do sindicato. 

"O prejuízo de tal omissão foi imensurável, pois, com o passar destes anos, lutas foram perdidas, reivindicações foram caladas e bocas foram silenciadas, pois, se o próprio sindicato da categoria não patrocinava as suas batalhas, quem as patrocinariam?", questionam os Profissionais.

Sendo assim, no dia 25 de novembro, os PNS's conquistaram, finalmente, a saída do sindicato e afirmam que estão livres "de um sindicato não representativo, não democrático e antisindical".

"Depois do dia 25.11.2020 um novo ciclo se iniciou, uma nova etapa começou, LIVRES, agora podem, de fato, representar-se como categoria e digladiar por aquelas reivindicações e por aqueles direitos outrora silenciados pelo SINDSPEN/MT", conclui a nota.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Aluguel pelo dobro do preço
Confira a votação e participe
Em 2022
Por conta da Covid-19
Prática ilegal

Últimas Notícias
22.01.2021 - 21:51
22.01.2021 - 20:47
22.01.2021 - 19:53
22.01.2021 - 19:00
22.01.2021 - 18:12




Informe Publicitário