Projeto sob relatoria da senadora Juíza Selma é aprovado na CCJ | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 25 de Maio de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 10 de Outubro de 2019, 09h:57 | - A | + A




Conflitos de alienação parental

Projeto sob relatoria da senadora Juíza Selma é aprovado na CCJ

Recurso da mediação poderá ser utilizado na solução de conflitos ligados à alienação parental


redacaomuvuca@gmail.com

WhatsApp Image 2019-10-10 at 09.49.19.jpeg

 Selma Arruda - Foto: assessoria 

Foi aprovado ontem (9) na Comissão Constituição e Justiça (CCJ), o projeto que prevê a utilização do recurso da mediação na solução de conflitos ligados à alienação parental. A proposta (PLS 144/2017), do senador Dário Berger (MDB-SC), e sob relatoria da senadora Juíza Selma (Podemos – MT) segue para a Câmara dos Deputados, se não houver recurso para Plenário.

A alienação parental é caracterizada pela tentativa de rompimento dos laços afetivos do filho em relação ao pai ou à mãe, por um dos cônjuges, em meio a um processo de separação. O projeto insere na Lei 12.318, de 2010, dispositivo admitindo o uso da mediação em disputas entre os responsáveis pela guarda de menores.

Veto

A utilização da mediação nesses casos constava na Lei da Alienação Parental, mas o trecho foi vetado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O PLS 144/2017 tem objetivo de dar novamente aos cônjuges em conflito pela guarda dos filhos a chance de recorrerem à mediação antes ou durante o processo judicial.

A relatora da proposta, senadora Juíza Selma vê como positivo o uso desse recurso nos litígios envolvendo alienação parental.

“Infelizmente, o veto acabou privando as famílias do importante instrumento da mediação justamente nos casos mais conflituosos, em que o caminho do diálogo deveria estar sempre aberto para a recomposição da tessitura familiar sob novo arranjo, que propicie a oportunidade de um convívio pacífico e funcional, que fortaleça os laços afetivos entre os filhos, os pais, as mães ou outros familiares. É esse equívoco que o presente projeto é capaz de corrigir", resumiu Juíza Selma.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Um mês parado
Mesa Diretora
Derrubou VI de secretários
Oportunista
Presidente está perdendo popularidade na Capital

Últimas Notícias
25.05.2020 - 14:00
25.05.2020 - 13:26
25.05.2020 - 13:04
25.05.2020 - 13:01
25.05.2020 - 12:57




Informe Publicitário