Queimado, Barbudo perde apoio de Bolsonaro para Medeiros  | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2020, 08h:38 | - A | + A




Eleição suplementar

Queimado, Barbudo perde apoio de Bolsonaro para Medeiros

Medeiros saiu na frente e conseguiu apoio de Bolsonaro para disputar o Senado


redacaomuvuca@gmail.com

 Foto: reprodução 

O deputado federal José Medeiros (Podemos) saiu na frente do colega Nelson Barbudo (PSL) e conseguiu garantir o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PSL) para disputar a eleição suplementar para o Senado Federal.

Medeiros, que é vice-líder do governo na Câmara Federal, já foi procurado pelo núcleo do governo Bolsonaro, que lhe garantiu apoio na disputa pela vaga deixada por Selma Arruda (Pode), que foi cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico.

Nos corredores de Brasília, Barbudo vem sendo tratado como traidor tanto pelos que apoiam o presidente nacional do PSL, quanto os parlamentares que defendem o Presidente da República.

Nesse sentido, ficou em segundo plano e não terá o apoio do presidente na disputa ao Senado. Barbudo está entre os 21 pré-candidatos que anunciaram que colocaram o nome a disposição para disputar a eleição suplementar ao Senado, que deve acontecer em abril. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) irá divulgar a data da votação na próxima semana, em 22 de janeiro. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos - 16-01-2020 21:14:42

Muvuca atirando pra tudo que é lado, pra ver se derruba o Barbudo e o Medeiros, mas pode ir acostumando porque a vaga de senador é de um dos dois.

Responder

1
0


1 comentários

coluna popular
Alexandre Rotta foi contratado para evento gospel
Obra deveria ter ficado pronta para a Copa 2014
31 anos
Erro comum do programa
Ânimos acirrados

Últimas Notícias
27.01.2020 - 18:56
27.01.2020 - 18:07
27.01.2020 - 18:00
27.01.2020 - 17:17
27.01.2020 - 16:50




Informe Publicitário