Sem UTI, pessoas morrem esperando atendimento para coronavírus | MUVUCA POPULAR

Sábado, 15 de Agosto de 2020

POLÍTICA Terça-feira, 30 de Junho de 2020, 13h:10 | - A | + A




Coronavírus

Sem UTI, pessoas morrem esperando atendimento para coronavírus

MT possui apenas 23 leitos disponíveis


redacaomuvuca@gmail.com

UTI.jpg

Falta de UTI acelera colapso na Saúde de Mato Grosso.

Com a taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em 90% e apenas 23 leitos disponíveis, o Sistema Único de Saúde (SUS) se aproxima de um colapso generalizado em Mato Grosso. Das 590 mortes, em decorrência do coronavírus (Covid-19), muitas dessas pessoas faleceram enquanto esperavam na fila por uma UTI.

Esse é o caso da dona Maria Sebastiana, de 69 anos, que morreu no dia 10 de junho. A idosa passou 3 dias à espera de um leito e morreu com suspeita de Covid. Ela deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, na primeira semana de junho, e foi internada. Contudo, dona Maria estava à espera de uma UTI.

Em maio, Antônia Antunes, de 81 anos, foi a 11ª vítima da Covid em Várzea Grande. A idosa deu entrada em uma UPA apresentando os sintomas da doença e, mesmo com avaliação clínica e com solicitação para uma UTI, o pedido foi recusado pela Central de Regulação, por não ter o exame que confirmasse o vírus. O resultado do exame da dona Antônia saiu três dias após o óbito.

Na última quarta-feira (24), só em VG, eram mais de 30 pacientes em leitos de enfermaria, ou em tratamento domiciliar, aguardando uma transferência para uma UTI. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, existe uma demanda além da capacidade do SUS.

Figueiredo alertou no começo do mês, no dia 9, que o estado havia chegado em um momento crítico, sem tratamento intensivo para todos os doentes. Na data, Mato Grosso possuía apenas 4.243 mil casos confirmados. Ontem (29), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), já são 15.328 mil mato-grossenses infectados.

O secretário afirmou ainda que unidades como a Santa Casa e o Hospital Metropolitano, responsáveis por grande parte do atendimento na região metropolitana, já estão em colapso. Cerca de 6 hospitais, ao total, em Cuiabá, VG, Sorriso, Sinop e Barra do Garças não tem mais UTI, o que acaba sobrecarregando o sistema de saúde da capital.

Na tentativa de reverter o colapso na saúde, a SES trabalha em parcerias com as prefeituras para instalar mais 100 novos leitos no menor tempo possível. O governo criou o Programa Emergencial para abertura e habilitação de novos leitos de UTIs, em parceria com as prefeituras municipais. No momento, as gestões trabalham em parceria para viabilizar as vagas o quanto antes.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Carlos Nunes - 30-06-2020 14:54:50

Ih! Se fosse empregado o Protocolo de Tratamento CORRETO, não precisava de UTI nenhuma. UTI é só quando a doença já avançou, microcoágulos já tomaram o pulmão inteiro, porque não foi tratado do Coronavírus no começo da doença. Deixaram isso acontecer...Isso tá resumido no Protocolo de Tratamento CORRETO divulgado pelo Dr. MARCOS DA AMAZÔNIA, no vídeo> DR. MARCOS DA AMAZÔNIA. VIDAS FORAM CURADAS. Pois é, nesse Protocolo inclui-se a Hidroxicloroquina, que meio mundo impediu que se adotasse no país, desde o começo do ano...Aliás, a OMS, com seu tio diretor COMUNISTA, impediu que fosse aplicado no mundo inteiro. Dr. MARCOS DA AMAZÔNIA conseguiu sintetizar em seu Protocolo as ideias bem sucedidas do Dr. Vladimir ZELENKO, Dr. DIDIER RAOUT, Dra. NISE YAMAGUCHI, Dra. ELNARA MÁRCIA NEGRI, com o objetivo de curar a doença no início, logo após os primeiros sintomas. No vídeo "Rudolph Giuliani entrevistou o Dr. ZELENKO que já tratou cerca de 500 pacientes com Covid-19, Dr. ZELENKO reclama que 3 dias de atraso no TESTE DO CORONAVÍRUS já prejudica o tratamento do paciente. Quantos dias o paciente tem que esperar, no Brasil, em Mato Grosso, em Cuiabá, pra ver se tá ou não tá Infectado? Se for mais de 3 dias...o paciente já tá com um pé na cova...Vai acabar Entubado, colocado num Respirador, jogado numa UTI - se tiver vaga.... Não será bem o Covid-19 que o matará...será a Saúde SALVE-SE SE PUDER, que não salvou porcaria nenhuma. Então, ANTES de tornar a UTI prioridade número 1 no tratamento do Covid-19...a prioridade ZERO (prioridade das prioridades) é providenciar URGENTEMENTE os remédios preconizados no Protocolo de Tratamento do Dr. MARCOS DA AMAZÔNIA. Tem esses remédios nos Postos de Saúde de MT? TEM OU NÃO TEM? Se tiver, a pessoa cura em pouco tempo...com 5 dias de tratamento...Se não tiver, pode ficar com o Plano de Saúde da Pax Nacional na mão, que vai precisar dele brevemente...a próxima morada pode ser a cidade dos pés juntos. Já foi até descrito o tipo de morte...será entubado, colocado num respirador, jogado numa UTI...e vai morrer sufocado, com o pulmão cheio de sangue. Vôte!

Responder

2
1


1 comentários

coluna popular
João Mototáxi discutiu com cidadão por WhatsApp
Henrique Lopes irá substituir Valdir Barranco
Braço direito de Wellington conquista vaga
Cobrando justiça
Tenente-coronel Rubia

Últimas Notícias
15.08.2020 - 15:49
15.08.2020 - 14:03
15.08.2020 - 14:00
15.08.2020 - 10:36
15.08.2020 - 09:07




Informe Publicitário