Silval Barbosa finalmente deve responder por desvio de R$ 5,4 milhões | MUVUCA POPULAR

Segunda-feira, 19 de Outubro de 2020

POLÍTICA Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020, 18h:59 | - A | + A




6 ANOS DEPOIS

Silval Barbosa finalmente deve responder por desvio de R$ 5,4 milhões

Juíza Celia Vidotti aceitou ação do Ministério Público contra o ex-governador de Mato Grosso


redacaomuvuca@gmail.com

Silval Barbosa.jpeg

Foto: Reprodução

Após seis anos, a delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (sem partido) não foi suficiente para livrar o ex-comandante do Palácio Paiaguás da ação que apura o desvio de R$ 5,4 milhões dos cofres do Estado. Dessa maneira, a juíza Celia Vidotti aceitou a ação proposta pelo Ministério Público contra o ex-gestor e Silvio Cezar Correa Araújo (Governo), Valdisio Juliano Viriato (adjunto da Setpu), Maurício Souza Guimarães (Secopa), Pedro Nadaf (Casa Civil), ainda figura como réu da ação o ex-deputado Antônio Azambuja. 

Apesar de ser a maior vítima da ação de corrupção, o Estado de Mato Grosso disse à Justiça que não tem interesse em figurar como parte do processo. Em dezembro o governo disse que o dinheiro recuperado de esquemas de corrupção seria para construção do Hospital Central. Porém, desta ação não tem interesse em participar. 

A  juíza não aceitou os arguntos dos réus apresentados nas preliminares. Silval e Nadaf, por exemplo, destacaram que firmaram acordo de delação premiada com o Ministério Público e que não deveriam responder a novos processos, já que contaram tudo o que sabiam e estão ressarcindo os cofres do Estado. 

Entretanto, a juíza disse que quanto à delação premiada, se ela irá ou não abarcar esse processo isso só será definido no final da ação quando ela for declarar à sentença dos envolvidos. "Para o recebimento da inicial, cabe somente à análise de indícios de autoria e materialidade da prática das condutas narradas na inicial, vigorando o princípio in dubio pro societate", disse na decisão.

As outras preliminas alegavam erros formais do MPE, o que foi descartado. Já o ex-deputado alegou que faltavam elementos de que ele participou da ação. Entretanto, a magistrada lembrou que há vídeo do parlamentar recebendo dinheiro.  

Com informações da Gazeta

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

Cleber - 28-04-2020 16:36:01

Deve em primeiro lugar devolver o dinheiro aos cofres públicos, pois o dinheiro pertence ao Estado de MT. Só responder é muito pouco.

Responder

0
0


Alex - 24-01-2020 10:18:43

Responder e devolver o dinheiro, não???

Responder

0
0


2 comentários

coluna popular
Luto em VG
Evento on-line
Vice-governador pode ser expulso do partido
Nem aí para os professores
Briga por vaga no Senado

Últimas Notícias
19.10.2020 - 17:51
19.10.2020 - 16:47
19.10.2020 - 15:38
19.10.2020 - 15:12
19.10.2020 - 15:09


Muvuca (PL)

Adevair Cabral (PTB)

Chico 2000 (PL)

Misael Galvão (PTB)

Ricardo Lobo (PL)

Aladir (PL)

Sargento Joelson (SD)

Juca do Guaraná (MDB)

Luluca Ribeiro (MDB)

Macrean

Renivaldo Nascimento

Toninho de Souza

Edna Sampaio (PT)

Robson Cireia (PT)

Ricardo Saad

Oseas Machado (MDB)

Rogério Varanda

Alex Ribeiro (PP)

Maurélio (PSDB)

Dudu Santos

Marcelo Bussiki

Vinícyus Clovito

Diego Guimarães

Mário Nadaf

Marcos Veloso

Gisele Almeida

Orival do Farmácia

Wilson Kero-Kero

Dr. Xavier

Justino Malheiros

Zidiel Coutinho

Sargento Vidal

Dídimo Vovô

Clebinho Borges

Júlio da Power

Jamilson Moura

Emídio de Souza (PSL)

Adalberto Cavalcanti

Ricardinho

Kako do CPA

Dilemário Alencar

Max Campos (PSB)

Cezinha Nascimento

Edienes Hadassa

Dr Luiz Fernando

PF Rafael Ranalli

Gabriel Henrique

Itamar Jefferson (PL)

Cristiano Paraqueda

Sebastião Moraes

Daniel

Justino Campos

Rafael "Faré"

Darley Gonçalves

Osmar Rodrigues "Chefinho"

Elenir Pereira

Prof.instrutor Joaquim Neto

Diogo Fernandes

Ade Silva

Sargento Ozeni

Dito Paulo

Paulo Macedo

Luiz BA

Professor Frankes

Paulo da VGDI

Valdemir MM

Weto Salgado

Dr. Daúde

Bob Medina

Wagner Vinícius

Luis Carlos

Carlos Henrique do Correio

Adv Cris

Elenir Pereira

Zé Carlos

Luis Cláudio

Huelton Souza

Rosenil Luiz (Canelinha de pacu) (PL)

Sargento Ozeni

Luiz Poção (PL)

Edilson Odilon (PL)

Paulinho CPA

Germânio Araújo

Chico do Leblon

Delegado Garcia

Renato Anselmo

Cleber Adôrno

Doidinhoducorte

Neno do Pascoal Ramos

Prof. Jorginho

Itamar Carvalho

Sidney de Souza

Marquinhos Carioca

Renato Anselmo

Pablo Queiroz

Pastor Jeferson

Paulo do Carmo

Vinícius Pardi

Aroldo Telles

Marcus Brito Jr.

Elzio Xaulin

Ledevino Conceição

Elias Santos

Edmilson Carmo

Gato Louco

Nilda Tosca



Informe Publicitário