UFMT realiza seminário voltado para mulheres indígenas | MUVUCA POPULAR

Terça-feira, 07 de Julho de 2020

POLÍTICA Domingo, 26 de Janeiro de 2020, 18h:53 | - A | + A




“Lutas , Protagonismo e Autonomia”

UFMT realiza seminário voltado para mulheres indígenas

Evento ocorrerá entre os dias 3 e 4 de fevereiro


redacaomuvuca@gmail.com

0BEA102F-79C6-46B2-922B-56149BB0D441.jpeg

Foto: Divulgação

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), será sede de um seminário voltado para mulheres indígenas entre os dias 3 e 4 de fevereiro. Denominado de, “Mulheres Indígenas: lutas, protagonismo e autonomia”, o evento deve contar com representantes de diversas etnias mato-grossenses.

“O evento é um espaço para compartilhamento de reflexões das mulheres indígenas e dos desafios enfrentados por elas, além de abrir para reflexões sobre a atuação indigenista junto às mesmas”, escreveu a organização.

Além disso, não será necessário realizar inscrição para participar do evento, pois o seminário será aberto ao público e elas serão realizadas no decorrer das palestras, com direito a certificado.

O encontro será no Instituto Nacional de Pesquisas do Pantanal (INPP), na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Confira a programação completa:

3 de fevereiro, segunda feira (14-17h):

Roda de conversa com Julieta Paredes sobre feminismo comunitário e outros temas.

3 de fevereiro, segunda feira (19h)
Conferência de Abertura

- Telma Taurepang (União das Mulheres Indígenas da Amazônia Brasileira - Umiab)
- Eloênia Boe Bororo (Organização das Mulheres Indígenas de Mato Grosso - Takiná)
- Célia Xacriabá (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil - APIB)
Coordenação: Lola Campos Rebollar (OPAN)

4 de fevereiro, terça feira (9-12h)
Mesa 1 - Mulheres indígenas e questões de gênero

- Julieta Paredes (Mujeres Creando Comunidad: feminismo descolonial e comunitário de Abya Yala na Bolívia)
- Linda Terena (professora indígena e doutora em antropologia)
- Kaiulu Yawalapiti Kamaiurá (Associação Yamurikumã das Mulheres Xinguanas)

Coordenação: Naine Terena de Jesus (professora indígena, doutora em comunicação)

4 de fevereiro, terça feira (14-17h)
Mesa 2 - Como as instituições indigenistas trabalham a questão de gênero?

- Nurit Bensusan (especialista em biodiversidade no Programa Política e Direito
Socioambiental do Instituto Socioambiental - ISA)
- Angela Sacchi (pós doutora em antropologia)
- Catiuscia Souza (mestre em sociologia política, indigenista na OPAN)
Coordenação: Tipuici Manoki (professora indígena e graduada em ciências sociais)

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do MPopular. Clique aqui para denunciar um comentário.

comentários

coluna popular
Caso foi parar na delegacia
Não cumprimento acarreta em multa
Ficou à espera de UTI
Agendada para 15 de julho
Disseminou

Últimas Notícias
07.07.2020 - 18:09
07.07.2020 - 17:00
07.07.2020 - 16:03
07.07.2020 - 15:54
07.07.2020 - 15:00




Informe Publicitário